Bem-vindos, nobres espíritos!

Sintam-se em casa em minha humilde morada. Aqui vocês encontrarão alguns de meus loucos textos que ora lhes convido a ler e, se assim desejarem, comentar...

fevereiro 22, 2008

A dor de Amor

Um poema, uma infeliz verdade...


Sinto muito em dizer, meu senhor
Mas não há cura conhecida
Para aquela ferida
Ardida e sofrida
Da flecha do Amor

Autor: Jarbas Lima Alves da Silva

29 comentários:

squirrel disse...

o amor não tem cura,é uma ferida sempre que vai está aberta

beijos

Rafael Moreira disse...

Falou pouco e bonito,
As palavras estão bem ultilizadas, nos lugares certos com rimas de partir o coração de quem sofre por amor!!

Abraço!
TaBlito!! <<< Passa lá e comentah :P

Euzer Lopes disse...

O dia que encontrarem cura para a dor do amor, encontrarão também um jeito de acabar com o amor!

Marco Antonio disse...

Senti a flechada doer mais forte agora...
Profundo, cara.
E o Euzer tem razão também.

Nayara.... disse...

Pois é o Amor é sentimento bom que as vezes deixa lembranças boas e lebranças ruins em nossa mente e em nossos corações....

obs:adorei o poema \o/...
achei lindo..e o seu blog é muito fofo!
=^^=

Mickey disse...

poh gostei do poema mesmo tendo falado pouco...disse um texto completo eh isso ai....

gostei tbm dessa rosa.....t+


comenta tbm

http://sonacachaca.blogspot.com

Por Ricardo Cazarino disse...

opa..gostei..simples, rápido, e direto ao ponto...realmente essa ferida é complicada..

bee disse...

o amor ferra minha vida =~~

Lalo Oliveira disse...

E ainda que houvesse cura, eu não quereria jamais! Quero que a feria infeccione, fique cheia de pus, latejante! =D

Lalo Oliveira disse...

A cura do amor é amar mais, uma hora dói tanto que a dor deixa de ser sentida.

Lica disse...

Ai amor , sempre centro de discussões , a meu pensamento sobre ele pe , sofrer com ele , melhor que sofrer sem ele com o vazio e o pensamento de q : como seria se estivesse com o amor? amando? do lado? rs
Entende,
dóis , mas e os momentos bons que passaram um ao lado do outro,
saudade dos seus comentarios no meu Blog, sério msm,

Bjokas

NiKoLoMuiLoKo disse...

bonito...o texto

Lah Leite disse...

bem sei q n tem cura msm...
gostei do poema e do blog, parabéns!

escrevo poesias também, se tiver curiosidade, faz uma visita =)

Amanda Luiza disse...

Poema lindo *_*
o blog tah show!
bjão

Nayara.... disse...

Ooi!

olha eu aki de nooovooo!!
=^^=
:)

Nanda Kiedis Declama disse...

Perfeito poema, ah e tem selinhos p/ ti no meu blog!

Bjs

Rui Felipe disse...

Claro que há cura!!!
O amor verdadeiro pode curar tudo. Pode ser o amor de um(a) homem/mulher, de Deus, dos amigos,....

Iza disse...

Amar dói. Para sempre iremos querer o bem da pessoa amada e quando o contrário ocorre sentimos muito. Uma vez feridos... não há mais cura.
Bom fim de semama! Companheiro de jornada tripla de trabalho e estudo!

Nana Lopes disse...

Jarbinhas! Deixei um desafio pra voce la no meu blog menino apaixonado!
Ta linda sua postagem zaz-traz.Amei!

José disse...

Espera uma notícia auspiciosa, Jarbão!

Talento indiscutível!

Abraços, Zé.

Gustavo disse...

tá, que o meu amor nunca precisará de uma.

R Lima disse...

Sabe com os antigos curavam as dores sem aparente explicação? Sabe como trabalha a homeopatia?

Cura com o agente agressor.

Quem sabe o Amor mesmo cure a dor por ele provocada.

É de se pensar...

Abçs,




Texto de hoje: CéRebRo...

Visite e Comente... http://oavessodavida.blogspot.com/

O AveSSo dA ViDa - um blog onde os relatos são fictícios e, por vezes, bem reais...

Everaldo Ygor disse...

Olá...
O Amor, a dor, companheiros eternos dos poetas...
Acompanhando todo esse seu lirismo, dando vida e som para esse belo blog...
Parabéns!
Abraços
Everaldo Ygor
Visite:
Novo Post - "COIVARA"
http://outrasandancas.blogspot.com/

Monstrinha disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Monstrinha disse...

Singelo e fatal...
Como escrever uma sentença de morte num papel de carta perfumado e florido.
=)
www.contosoudelirios.blogger.com.br

young vapire luke lestat news disse...

Ha!!!!!
O amor se algo tão simples os incompetentes e mediócres como eu não rimariam com dor.....
+ uma bela poesia amigo..

[]s L.Sakssida


http://young-vampire-luke-lestat-news.blogspot.com/

post denuncia : o que vc não sabe , sobre o "cofre do fim do mundo"
A matéria é longa + deve ser lida por todos......

Thiago Oliveira disse...

O bom da vida é perceber que podemos olhar um mesmo ponto de formas completamente diferentes.
Eu entendi perfeitamente o que você quis dizer quando comentou em meu blog,embora não concordar em alguns pontos,o que é algo totalmente normal.
O conceito de felicidade,como muitos outros,é relativo. Sinceramente,não gosto da idéia de viver sózinho.Embora seja bem verdade que muitos podem viver de tal maneira.Penso que por mais que você tenha amor próprio,você sente nececidade de compartilhar sua vida,seus momentos,suas alegrias,tristesas.Pelo menos eu tenho essa nececidade,dessa partilha,encontrar alguém que te ame,que te faça muito feliz e que você possa fazer o mesmo por ela.

Espero que tenha sido claro!

Abraços,muito interessante seu blog!

disse...

Talvez a cura não exista porque com o passar do tempo deixa de ser doloroso para ser somente saudoso, ou de tão doloroso, seja abandonado. Ninguém gosta de sofrer por muito tempo.

Henrique Felippe disse...

é um ciclo de nossas vidas... e esse tipo de dor é mutável... mas na essência, sempre estará lá... guardada...

Gostei muito do visual, ainda não tinha visto um template como esse... gostei das estrutura e dos textos... Parabéns...

Henrique
Vai Vendo...
http://henryfelippe.blogspot.com/