Bem-vindos, nobres espíritos!

Sintam-se em casa em minha humilde morada. Aqui vocês encontrarão alguns de meus loucos textos que ora lhes convido a ler e, se assim desejarem, comentar...

dezembro 24, 2007

O Mais Doce dos Animais

Um pequeno poema lúdico que não tem nada contra o vegetarianismo... É só uma brincadeira com o paralelismo. Uma tentativa, pelo menos... Se bem sucedida ou não, vocês que decidam... Só não esperem muita coisa.



Creio ser o salmão
O mais doce dos animais
Alegres e fugidios tais
Que saltam de nossas mãos
Mas é inútil - cedo ou tarde
Sua carne assada a mesa reparte

Creio ser a vaca
O mais doce dos animais
Despreocupada e serena
Ao nos ver foge de cena
Mas é inútil – cedo ou tarde
Sua tenra carne em brasa arde

Creio ser o leitão
O mais doce dos animais
De origem curiosa e matreira
Ao nos ver, desatam em carreira
Mas é inútil – cedo ou tarde
Torresmos comemos até o infarte

Creio ser o javali
O mais doce dos animais
Irritadiço e rabugento
Nos ataca sem medo nem tento
Mas é inútil – cedo ou tarde
Vira cozido apesar de sua arte

Saborosa indecisão
Que em boa hora recai:
Sou juiz desta contenda
Decidir devo qual oferenda
Possui o melhor gosto tal
Que para o próximo banquete real
Seja eleito o mais doce animal


Autor: Jarbas Lima Alves da Silva

6 comentários:

Pan ßox disse...

Acho vegetarianismo uma besteira, mas enfim, não me afeta em nada.

E sim, o poema lá é meu. Adaptado de uma coisa que eu li sobre a chuva.

Pan ßox disse...

Bom saber que a minha escrita agradou alguem nesse mundo.

Obrigada.

Bee disse...

Não como carne, mas não sou vegetariana. Só não gostei do gosto :S

alexandre disse...

Obrigado pela visita! Tenha um bom ano!
Abraços!

Maria Regina disse...

Ficou legal seu poema, divertido. Nada contra as carnes, aliás, uma boa reflexão nesta época tão carnívora como esta de final de ano!...
Tenho um ótimo 2008!
Obrigada pela visita!
Seu blog também é muito legal!
Volte sempre.
Um abraço

Aa disse...

Dos animais doces eu prefiro os com umas pitadinhas de sal :DD

Ah, sobre o problema que vc citou no meu blog, parece que tem a ver com a fonte usada e com o Internet Explorer (já que o problema não aparece no Mozilla). Mas, enfim, quase todo mundo usa o Firefox mesmo :P